Vamos salvar os Oceanos, para podermos salvar o nosso futuro!

Sustainability

08 Junho 2019

Vamos salvar os Oceanos, para podermos salvar o nosso futuro!

Vamos salvar os Oceanos, para podermos salvar o nosso futuro!

“A maioria do oxigénio é gerado pelo mar,

O mar estabiliza a temperatura,

A forma, a química da Terra,

A Água do mar forma nuvens que a devolvem à terra e ao mar,

Oferece abrigo a cerca de 97% da vida em todo o mundo,

Sem água, não existe vida,

Sem azul, não existe verde”

 

Sylvia Earle, Oceanógrafa



 

 

Matamos, sem consideração pela vida marinha, e pelas consequências da perda dessa vida.


Perdemos 90% dos grandes peixes do mar, e quase 50% de todos os corais.

 

Utilizámos o oceano como se de uma lixeira se tratasse. Como se pudesse de alguma forma reciclar os nossos restos sintéticos. Nos últimos 100 anos deixámos que o plástico se apoderasse do nosso bem mais precioso: a Água.

 

Para além de ser uma armadilha para muitos animais, o plástico também lhes serve de alimento. Animais que muitas pessoas consumem no seu dia-a-dia.

 

Um  estudo descobriu que existem vestígios de plástico em 44% das aves marinhas, 22% dos golfinhos e espécies de baleias, e 100% das tartarugas do mar. Estima-se que um em três peixes contenha plástico, por isso, se precisavam daquela motivação extra para se tornarem Vegan, não precisam de agradecer!

 

Além disso, o plástico não é biodegradável. Na verdade, apenas se deteriora em pedaços minúsculos, invisíveis ao olho humano, aos quais chamamos microplástico. Neste momento podemos encontrar microplástico na água que bebemos e no ar que respiramos.



 

É um momento crítico para a humanidade.  No entanto, vários cientistas acreditam que ainda é possível dar a volta por cima. O plástico de uso único tem de ser abolido e a produção de plástico tem de terminar. Já temos plástico suficiente. É urgente parar de comprar e reciclar o existente. 

 

Em 2020 a União Europeia pretende proibir a pesca excessiva, e acabar com práticas de pesca ilegal.

Em 2030 o objectivo é conseguir benefícios para os países, que apesar de serem economicamente desfavorecidos, utilizam os recursos marítimos de forma sustentável.

 

O que é que podemos fazer?


Rejeitar plásticos de uso único

 

Existem várias alternativas a plásticos de uso único, e muito brevemente iremos partilhar um artigo que apresentará tantas alternativas incríveis, que vão desejar nunca se terem cruzado com o demónio descartável. Desde cotonetes de bamboo e toalhitas de algodão orgânico reutilizáveis, a sacos de compras com padrões fabulosos feitos de plástico reciclado!





 

Comprar a granel, utilizando os nossos próprios recipientes


O zero waste club é o sitio perfeito na internet para fazer compras em granel. No entanto, Lisboa foi abençoada com a loja Maria Granel, ou o Sapato Verde, onde a utopia do desperdício zero vai parecer bem real! Tragam os vossos recipientes de vidro e metal, os saquinhos de algodão orgânico, e deixem-se levar!



 

Existem algumas lojas que permitem que rejeitemos o plástico, e para encontrar os recipientes e sacos mais sustentáveis podemos não ter de sair de casa. Por exemplo, existem imensos alimentos vendidos em frascos de vidro, que depois de bem lavados podem servir para a compra de grão cru ou vários cereais. Os saquinhos podem ser feitos a partir de roupa que já não utilizamos.

 

Está na hora de aderir ao upcycle para abrir caminho para um futuro paradisíaco onde a economia circular e um desperdício mínimo são a norma!



 

Utiliza vidro e recipientes de alumínio para comida e bebida.

 

Já não existe razão para embrulharmos o almoço e os snacks do dia em papel de alumínio, plástico e papel. Os anos dos embrulhos feios e poluentes chegaram ao fim. Agora podemos escolher uma lancheira que conserve tanto o sabor da nossa comida, como o estilo do nosso outfit, entregar-lhe os nossos recipientes de vidro ou alumínio, aconchegados num guardanapo de algodão orgânico, sem esquecer os talheres de alumínio e a garrafa de água de vidro ou alumínio.


 

Reciclar, reciclar e depois reciclar mais um pouco.

 

O plástico não vai desaparecer do planeta e a nossa sobrevivência depende das soluções que encontrarmos para o retirar da Natureza e trazê-lo de volta às nossas casas para servir o seu propósito inicial: simplificar as nossas vidas.

 

Se precisarmos de comprar algo novo, deveríamos procurar marcas que tenham o produto que procuramos feito de forma ética, amiga do ambiente, e a partir de um material reciclado. Existem cada vez mais marcas que defendem essa forma de produzir e que querem salvar o planeta, por isso será super fácil encontrar uma boa solução!





O que é que a NAE pode fazer?

 

Já temos vários modelos feitos a partir de garrafasrecicladas, pneus, airbags e outros materiais. Na NAE tentamos ao máximo produzir sapatos de boa qualidade, de longa duração que possam ser reciclados.

Em breve teremos mais noticias! Nos entretantos iremos continuar a reciclar, a fazer upclycle, e a procurar alternativas que não prejudiquem nem o ambiente, nem pessoas, nem animais.



 

O nosso planeta deu-nos mais do que precisávamos para sobreviver e prosperar. Apenas temos um, e por muito fantástico que seja, não conseguirá resistir à nossa exploração constante.

 

Os oceanos deram-nos vida, fazendo com que a Terra não se transformasse num planeta como Marte. Temos de aceitar que precisamos deles, e que se continuarmos com o mesmo estilo de vida não existirá nada para os nossos filhos, e muito menos para os nossos netos.

 

Vamos devolver o amor que a água nos deu, ainda é possível ter um futuro sorridente!

 

Desfrutem do dia dos Oceanos,

 

NAE   

 

Deixe o seu comentário sobre esta notícia

O seu formulário foi submetido com sucesso.
Campo de preenchimento obrigatório.
Campo de email inválido
Campo com limite máximo de caracteres
Este campo não coincide com o anterior
Campo com limite mínimo de caracteres
Ocorreu um erro na atualização dos seus dados. Por favor reveja o formulário.

* Campos de preenchimento obrigatório.